Conheça o case 9–6
o que fizemos
Imersão com o cliente
Mercado e tendências
Benchmarks
Público-alvo e stakeholders
Diagnóstico de marca
Posicionamento
Propósito
Plataforma de marca
Business model innovation
Recomendações estratégicas
Naming
Tom de voz
Key messages
Identidade visual
Web design
Sinalização
Produtos & serviços (concept design)

9–6

plural
uniqueness

A TRANSFORMAÇÃO TEM SE TORNADO UMA PALAVRA CADA VEZ MAIS COMUM em nossos dias. Mudanças na tecnologia, longevidade, práticas de trabalho e novos modelos de negócios criaram uma enorme demanda por desenvolvimento contínuo (conhecido como lifelong learning) e os profissionais que desejam se manter relevantes precisarão investir constantemente no aprimoramento e aquisição de novas habilidades, independentemente de onde estejam em suas carreiras. É dentro deste contexto que a Saad foi procurada para liderar a construção do modelo de negócio e do projeto de marca para uma nova consultoria boutique especializada no desenvolvimento de pessoas situada no Sul do Brasil.

a singularidade de ser plural

A partir da análise das informações levantadas nos workshops de imersão com os fundadores, além da análise de mercado, macro e micro trends, benchmarks e entrevistas qualitativas com o público, chegou-se aos principais diferenciais que posicionariam a marca de uma forma original e efetiva no mercado: “uma consultoria de desenvolvimento de pessoas e cultura organizacional que conhece cada cliente pelo nome, entende seus problemas de perto e cria soluções únicas e customizadas a partir da equação correta entre a singularidade e a pluralidade de cada um, levando-os ao futuro que eles desejam”. A brand idea Plural uniqueness: a singularidade de ser plural explora principalmente o conceito de que a multiplicidade e as diversas experiências que cada pessoa dentro de uma empresa leva consigo podem – e devem – ser combinadas de forma a criar culturas sólidas, autênticas e de alta performance. A plataforma de marca ainda contou com a definição das buyer personas, propósito, território de marca, drivers, arquétipo e brand persona, além da criação de novos produtos e serviços distintos dos até então existentes no setor.

unlocking people’s potential

Definida a estratégia, era necessário tangibilizá-la através das identidades verbal e visual. Após uma lista de mais de 1.100 alternativas, chegou-se a um nome peculiar que se apropriaria de forma definitiva da energia e do mundo do trabalho: o nome 9–6 (lê-se “nove às seis”) é uma interpretação simbólica do que normalmente conhecemos como “horário comercial” ou horário de trabalho no Brasil. Sabemos que ele pode variar – algumas pessoas entram mais cedo, saem mais tarde e outras têm um período de trabalho maior – mas, como mencionado, não é um nome descritivo, e sim um nome que se refere aos momentos destinados ao ofício. Por isso, a marca utiliza como base, mas não se limita apenas ao horário das 9 às 6. Por ser um nome dinâmico e flexível, ele permite contar diversas histórias dentro deste período de tempo e também fora dele, pois considerando que cada pessoa é única, cada uma terá sua própria narrativa descrita de acordo com sua agenda (que não se limita somente ao trabalho), permitindo que vejam a si mesmas através da marca. Já o logotipo interage com o restante da identidade explorando a ideia principal através de textos, ícones e até mesmo emojis, customizando a comunicação para os diversos perfis de públicos e situações. Além do naming e do logotipo, foram também desenvolvidos o tom de voz, as keywords, key messages, website e aplicações em diversas peças on e offline. Nas palavras dos sócios, “A capacidade da Saad em traduzir os dados levantados em insights e a experiência que tivemos em todo o processo de construção da nossa marca superaram nossas expectativas. Além disso, estamos recebendo um feedback excelente do mercado mostrando todo o impacto, a inovação e a sofisticação que a marca trouxe para o nosso negócio”.

A autonomia que demos à Saad foi fundamental para chegarmos a um resultado que superasse não só as nossas expectativas, mas também as do mercado.
Paulo Brosig, fundador e diretor da 9–6
O projeto nos permitiu conhecer com profundidade todos os aspectos do nosso negócio e nos trouxe toda a base necessária para a gestão estratégica e evolução da nossa empresa.
Wilza Brosig, fundadora e diretora da 9–6

veja também: